quarta-feira, 12 de março de 2014

Promiscuidade de pendrives: É melhor se precaver.

Foto de um pendriveNeste mundo de pendrives pra cá e pra lá é difícil não pegar vírus. Quem não apanha com isto de vez em quando? Achei um programa muito interessante neste site: http://www.zbshareware.com/pt/download.html
que detecta logo no que a pessoa coloca o pendrive no computador se ele tem algum programa malicioso.
Acho que vale a pena conferir e se não for demais, postar no comentário se valeu a pena para você este programa.

segunda-feira, 10 de março de 2014

Misturinha que tira cheiro de tudo

Parece ser uma boa... mas não testei. Alguém já usou isto?

Segue receita da misturinha que tira cheiro de tudo , absolutamente tudo, e limpa tecidos, desamarela, perfuma e pode ser usada em animais e no ambiente.
PARA OS ANIMAIS (banho a seco):
1 LITRO DE ÁGUA + 1/2 COPO VINAGRE DE ÁLCOOL + 1 COLHER SOPA BICARBONATO SÓDIO
Coloque os ingredientes numa vasilha, molhe um pano macio, torça e passe no corpo todo, molhe torça e passe...
O vinagre é anticéptico, tira cheiros e dá brilho ao pelo, e o bicarbonato tira cheiros.
Se a barba e o bigode, por exemplo, estiverem fedidos, pode encharcar e depois é só secar bem.
PARA O AMBIENTE:
1 LITRO DE ÁGUA + 1/2 COPO VINAGRE DE ÁLCOOL + 1 COL. SOPA BICARBONATO SÓDIO + 1/4 COPO DE ÁLCOOL + 1 COL. SOPA AMACIANTE.
Dica: como o vinagre e o bicarbonato efervescem usados juntos, procure fazer a mistura num recipiente grande para depois colocar no frasco menor e na seguinte ordem:
1 - água2 - álcool3 - bicarbonato4 - vinagre5 - amaciante
Borrife sobre tecidos em geral: sofás, almofadas, caminhas de cachorro, cortinas, travesseiros, cobertores, roupas...além de tirar maus cheiros deixa o perfume duradouro do amaciante.
Pode ser usado como aromatizador de ambiente, neste caso acrescente umas gotinhas de sua essência preferida no lugar do amaciante. Captura odores e perfuma.
Se quiser uma limpeza profunda lave o objeto com a mistura, sem medo de estragar qualquer tecido, pelo contrario, o vinagre reaviva cores, o bicarbonato limpa profundamente, o amaciante amacia as fibras e o álcool faz tudo secar mais rápido.
Como limpa carpet não tem igual!!!
Tira cheiro de chulé dos tenis, de mofo das roupas (muuuuito melhor que o Shout!!), de cachorro, de xx de cachorro, de vômito das crianças...
Pegou um cachorro no colo ou um bb vomitou no seu colo e ficou fedido bem na hora de sair? Espirre a misturinha num pano que não solte pelo (uso o Duramax) e passe na roupa, ou espirre diretamente na roupa e tire o excesso. Pronto!
Experimente limpar os estofados e teto do carro, principalmente quem fuma no carro, vc não vai acreditar no resultado, limpa e desamarela o teto sem muito esforço.
Também pode limpar bancadas, interior de armários, pisos...enfim, tudo!
Vc pode variar o cheiro, e usar sem cheiro

Fonte

quinta-feira, 6 de março de 2014

10 programas para edição de vídeos no Linux

Um editor de vídeo permite você modificar/alterar um vídeo sem tratamento (sem edição) e torná-lo ideal para divulgação. Essa edição envolve cortes, redimensionamento, adição de efeitos, e muitos outros recursos. Tudo isso através de uma linha de tempo, para facilitar a interação no momento da edição do vídeo. Sendo assim, nesse artigo eu irei mostrar 10 programas para edição de vídeo disponíveis no Linux; destacando suas características e funcionalidades principais. 

1 - Avidemux



É um editor de vídeo que suporta os formatos mais populares, incluindo AVI, MPEG compatível com arquivos DVD, MP4 e ASF, e usa uma grande variedade de codecs. Um dos destaques do programa é sua grande variedade de filtros. Ele permite desfrutar bastante desse recurso, oferecendo efeitos comparáveis aos dos editores de imagem. Além disso, o Avidemux possui o próprio mecanismo de conversão de formatos de vídeo.



2 - Cinelerra-CV



O Cinelerra é um editor multimídia com recursos de captura de video e ferramentas de edição de video e áudio. Baseado no sistema Open GL, ele possui linha do tempo (que dá ao usuário uma visualização baseada no tempo de todas as faixas de vídeo e áudio no projeto), o compositor (que se apresenta ao usuário com um visualizador do projeto final como vai ficar quando for renderizado) e a janela de recursos (que se apresenta ao usuário com uma visualização de todos os recursos de audio e video no projeto) na tela principal.

  • Licença: GNU GPL
  • Suporte: Linux, Windows
  • Suporte a captura direta de webcams
  • Site Oficial: http://cinelerra.org

3 - Flowblade



Flowblade é um editor de vídeo multitrack não-linear projetado para fornecer uma experiência de edição rápida, precisa e realizar a tarefa da forma mais simples possível. Você pode inserir seus clipes na linha do tempo, que suporta até 5 faixas de vídeo e quatro faixas de áudio. Aplicar zoom, efeitos de transição, mover e girar o vídeo com ferramentas de animação.


4 - Jahshaka



O software possui recursos de edição e efeitos de vídeo, correção de cores, composição 2D e 3D, entre outros. O Jahshaka é multiplataforma e é escrito em C++ e Python e usa o toolkit Qt.

  • Licença: GNU GPL
  • Suporte: Linux, MacOS, Windows
  • Suporte a efeitos de áudio e vídeo
  • Suporte a efeitos de animações 2D/3D
  • Site Oficial: http://www.jahshaka.com/

5 - Kdenlive



Kdenlive é um software de edição video para KDE. É um poderoso editor de vídeo multitrack, que inclui as tecnologias de vídeo mais recentes. É um excelente software de edição de vídeos.

  • Licença: GNU GPL v2+
  • Suporte: Linux, MacOS, Windows
  • Suporte ao ambiente KDE
  • Suporte a efeitos de áudio e vídeo
  • Exportação para serviços de Internet, como: YouTube, Dailymotion ou Vimeo
  • Site Oficial: http://www.kdenlive.org/

6 - Lightworks



Lightworks é um editor de vídeos usado por profissionais, com recursos avançados e inúmeras possibilidades; que finalmente está disponível para Linux. Ele tem sido utilizado em diversos filmes premiados, incluindo O "Discurso do Rei". Contudo, o Lightworks é gratuito para usar, mas se você quiser codecs e suporte adicionais, será preciso comprar uma licença PRO, que custa aproximadamente $60/ano.

  • Licença: Freemium (modelo de negócio em que um produto ou serviço proprietário é oferecido gratuitamente, mas é cobrado para obter recursos adicionais)
  • Suporte: Linux, MacOS, Windows
  • Site Oficial: http://www.lwks.com/
  • Visão Geral

7 - LiVES



LiVES é um editor de vídeos que possui muitas funcionalidades e recursos especiais. Através dele, você pode importar vídeos de diversos formatos, modificando-os como desejar.


8 - OpenShot



OpenShot é um editor de vídeo para Linux. Com ele você pode adicionar facilmente sub-títulos, transições e efeitos, e, em seguida, exportar o seu filme para DVD, YouTube, Vimeo, Xbox 360, e muitos outros formatos comuns. Sua interface amigável facilita as tarefas como as de cortar e redimensionar vídeos.

  • Licença: GNU GPL v3
  • Possui suporte para muitos formatos de vídeo, áudio e imagem (com base no FFmpeg)
  • Zoom Digital
  • Suporte a efeitos de animações 2D/3D (títulos)
  • Site Oficial: http://www.openshot.org/

9 - Pitivi



O aplicativo é escrito em Python, e usa o GStreamer para importar e processar arquivos multimídia. Ou seja, Ele pode fazer bastante coisa, de processamento de som em tempo real até reprodução de vídeo. Ele possui um modo de visualização avançado que permite que se edite vídeos de maneira mais profissional e precisa.


10 - Shotcut





Publicado por Ricardo Ferreira Costa do Blog Linux Descomplicado

Uma macro e um botão tudo a ver.

Nunca gostei de joguinhos, gostaria que sim. Quem sabe, assim poderia desenvolver um joguinho bacana e ganhar uns trocados. Mas, ao contrário do que alguém pode pensar eu adoro descobrir novidades e fazer coisas difíceis do jeito mais fácil. Para quem não entendeu basta sorrir há que se ter pena dos loucos meio preguiçosos.

Esses dias fiz um artigo em que elaborava um um formulário e  ao mesmo tempo já tinha um banco de dados junto, na planilha vizinha. Claro que não era um CRUD (criar, ler, atualizar e excluir ) no Calc (eu já fiz), era só para despertar uns outros com vocação para a mesma loucura. Lá eu elaborava uma macro “super difícil” da maneira mais fácil, ou seja, usei a gravação de macros automática do Libreoffice. Então uma pessoa me perguntou como fazia para colocar a macro num botão. Respondi que estava meu “aperriado” e outra hora faria um novo artigo explicando isso.

Chegou a hora de cumprir a promessa de unir macro no clique de um botão.

Então no Menu Exibir ative a barra dos Controles de Fomulários conforme a figura abaixo:


Depois, simplesmente ative a edição de formulários clicando no ícone da mãozinha igual a da figura 2 abaixo:


Depois clique no botãozinho “OK” clique numa área onde quer colocar o botão e arraste para que fique no tamanho ideal. Agora clique com o botão direito em cima dele, clique em “controle” com o direito do mouse e escolha a aba eventos. Escolha “botão do mouse pressionado” (...) e clique em macro, escolha a macro que deverá fazer parte desse comando, não esqueça que no caso a macro está no arquivo e não no computador. Qualquer dúvida comente no artigo.


Saudações livres.
João Alberto