sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Um vídeo muito interessante sobre motor Stirling

Muito interessante. Gostei. é simples e engenhoso ao mesmo tempo.
para quem gosta de invenções como eu.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Papel alumínio - dicas de uso



O papel mais popular que existe na cozinha tem mais utilidade do que apenas ir ao forno.


1.Afiar tesoura e faca – O papel alumínio pode ajudar você a recuperar aquela tesoura ‘cega’ que há tempos está jogada de lado. Pegue um pedaço de papel, amasse e use a tesoura para cortar o papel. Repita o processo até 10 vezes, sua tesoura ou faca irá cortar tudo.

2.Adeus goteira – Apareceu uma goteira e não tem como arrumar no momento? Cubra o furo com papel alumínio. Como ele é impermeável e moldável, irá segurar se a chuva chegar.

3.Sem cheiro forte na geladeira – Ninguém gosta de abrir a geladeira e sentir aquele cheiro forte da cebola que não foi usada, não é? Então cubra a cebola com filme plástico e depois com uma folha de papel alumínio. Além do cheiro não sair, a cebola ficar manterá sua umidade como se tivesse sido cortada no ato que for usar.

4.Economize ferro – Quer economizar ferro de passar, energia e suas mãos? Cubra a mesa de passar roupa com papel alumínio deixando a parte brilhante para cima. Por cima do papel coloque um lençol ou tecido de algodão. O alumínio irá refletir o calor e só de passar um lado da roupa o outro já ficará liso também.

5.Sem veda-rosca – o parafuso ou a porca não estão bem encaixados? Enrole papel alumínio. Ele fará a pressão necessária para que fique tudo bem preso.


6. Se você, como muitas pessoas, sempre se pergunta qual o lado do papel alumínio que se deve deixar em contato com os alimentos que vão ao forno, não se preocupe mais! Nós achamos a resposta! O lado correto é o lado mais brilhante por ser também a parte mais lisa. Assim a carne não irá grudar e tudo ficará bem assado.

8. Na maior limpeza – Pouca gente usa mas o papel alumínio realmente serve como um ótimo protetor de sujeira no forno e no fogão. Forre o forno e fogão com ele sempre que for assar, fritar ou fazer algo que possa sujá-lo.

9. Fruta fora da geladeira durando muito tempo – O papel alumínio conserva a umidade natural das frutas, então se não quer mante-las dentro da geladeira você pode envolve-las em papel alumínio que sua duração será tanto quanto se elas estivessem na refrigeração.

10. Limpa sujeira difícil – Grudou no fundo da panela ou na assadeira e não sai? Amasse um pedaço de papel alumínio e esfregue. A sujeira irá se soltar com facilidade.

Cone multiuso – Precisa de um funil ou mesmo de um saco para confeitar? Faça com o papel alumínio. Ele é moldável e impermeável, assim ganha qualquer formato e não suja suas mãos.
Fonte

Libreoffice - SOMASES() – É O BICHO!!

Esta função implementada no Libroffice a partir da versão 4 é “o bicho” mesmo! Muito fácil de usar. Para quem está acostumado a usar o SOMASE() pode ficar um pouco confuso porque ela inverte um pouco a lógica, mas depois simplifica muito no uso de uma soma com mais de um critério. Para quem quer fazer uma contabilidade com partida dupla... é muito legal! Diminui muito a quantidade de contas a serem criadas já que aumenta as possibilidades de combinação de itens a serem testados antes de uma soma.

Por exemplo:

Digamos que a empresa tem uma série de departamentos e precisa também de relatórios por departamentos, então invés de criar as contas.

301 – Dpt Setor de pessoal – alimentação
302 – Dpt Setor de vendas – alimentação
303 – Dpt Setor de depósito – alimentação
304 – Dpt Setor de informática – alimentação
305 – Dpt Setor de limpeza – alimentação

Simplesmente criaria somente a conta 301 – Alimentação e criaria 5 setores em uma nova coluna. Assim quando surgisse a necessidade de criar uma nova conta, não teria que criar 5 novas contas, ou, ao surgir um novo setor ter que criar uma infinidades de contas.

Vamos explorar a função =SOMASES(), mas primeiro vamos dar uma olhadinha no =SOMASE():



E você o que acha dessa função, gosta de usá-la? Espero que tenha conseguido passar como se aplica esta função a quem não conhecia. Fique a vontade para fazer seu cometário complementando a explicação.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Um jeito de fazer formulário com banco de dados em Calc


Um pouco de: Colar especial, Gravação de macro, formatação condicional, Função CONTESE e Função SE no Libreoffice.

Uma maneira que inventei para fazer um cadastro de pessoas com um formulário no Calc do Libreoffice.

1. duas planilhas, ou seja Planilha1 e Planilha2.

Na Planilha1
Use a coluna A, clicando em sua cabeça (para selecioná-la todinha) e depois clique em: Menu, Dados, Definir intervalo e dê o nome de lista.

Na Planilha2
Faça assim:
célula A1 número, célula A2 nome, A3 idade.
célula B1 para digitar o número;
célula  B2 para digitar o nome;
célula  B3 para digitar a idade.
Na célula C1, coloque a seguinte fórmula: =SE(CONT.SE(lista;B1)>0;"Ops, número existente";"OK")

Que tal uma cereja nesse bolo?

Use a na célula C1 a Formatação condicional. Clique em Menu, Formatar, Formatação condicional, Condição, no valor da célula digite o que está entre parênteses(“OK”), ao lado de aplicar estilo, escolha novo estilo e use a cor de fundo verde e clique em OK, ainda sem sair clique no botão Adicionar para colocar mais uma condição e  no valor da célula digite o que está entre parênteses(“Ops, número existente”), ao lado de aplicar estilo, escolha novo estilo e use a cor de fundo vermelho e clique em OK.


O pulo do gato é fazer uma macro... você não sabe fazer? Nem eu! Mas o Libreoffice sim.
Clique sobre a foto para visualizar melhor


Digite os dados e deixe o cursor numa célula qualquer da Planilha2 não sendo as que tem dados. Clique em Menu, Ferramentas, Macros, Gravar macro.

Assim, clique na Célula B1 e arraste até a célula B3 selecionando-as, Segure a tecla Ctrl e ao mesmo tempo clique na tecla “x” recortando o conteúdo.

Clique na aba da Planilha1 e clique na célula A1. Em seguida use o colar especial: Ctrl+Shift+V ou Menu, Editar, Colar especial.

Na janela do colar especial deixe somente marcado os itens: Textos, números, datas e horas, Transpor, Nenhum e Para baixo, clique em ok.

Obs: Deveria ainda ter clicado novamente na aba da Planilha2 para ter retornado ao cadastramento. (isso você pode fazer), Mas no caso, quero mostrar para onde os dados irão. Logicamente no momento de inserir dados em maior quantidade o ideal e fazer este procedimento ao gravar a macro. Fica mais ágil depois.

Depois, logicamente, pare a macro e dê um nome para ela, claro que no meu caso, tive o cuidado de escolher para que a macro ficasse no documento e não no computador, para isso basta antes de salvar clicar no ícone que tem o nome do documento (o ícone na cor verde normalmente) clicar no sinal de “+” ao lado e clicar em Standard e nomear. Assim a macro acompanhará o arquivo quando ele for salvo.

Em todos os casos, vai também um arquivo para download dessa experiência.:baixe o arquivo com o exemplo

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Você gosta do WhatsApp? Pois saiba que você pode ficar sem ele.


Para você entender o que está em jogo no #MarcoCivil se acabarem nele com a neutralidade da Rede, vamos a um exemplo utilizando o hit do momento, o WhatsApp.
Serviços como o WhatsApp nunca se tornariam populares em tempos de quebra de neutralidade. Esse tipo de serviço compete diretamente com um serviço oferecido pelas teles, o SMS. A estimativa é que esse tipo de serviço já tirou das teles cerca de 23 bilhões de dólares.
Assim, as teles colocariam esse serviço somente nos pacotes mais caros de acesso, só baixando o preço caso esses serviços compensassem elas financeiramente (ou seja, devolvessem os 23 bilhões de dólares retirados de suas receitas). Outra hipótese é a criação de serviços próprios das teles e que só estariam disponíveis em sua operado específica. Assim, clientes da OI só teriam contato com outros clientes da OI, os da Vivo com os da Vivo e assim por diante. Em casos mais extremos as teles poderiam, em tese, bloquear integralmente esse tipo de serviço em suas redes.
Isso pode acontecer com uma série de serviços que você está acostumado/a a usar na Internet.
Veja como a quebra da neutralidade pretendida por alguns deputados/as em nome das teles no #MarcoCivil afetariam diretamente a sua vida.
Entre em contato com os deputados/as e diga que você quer que ele/a aprove o relatório final apresentado pelo Relator Alessandro Molon que garante a neutralidade da Rede.
Você pode fazer isso mandando mensagens de e-mail automaticamente através do site do IDEC (http://www.idec.org.br/mobilize-se/campanhas/marcocivil) ou mandando tweets, e-mails ou telefonando diretamente para os deputados e ajudando a compor esta tabela aqui: http://marcocivil.org.br/noticias/de-qual-lado-estao-os-deputados-democracia-x-corporacoes/
Continuar usando a Internet de forma livre depende agora, mais do que nunca, de sua luta.

Artigo retirado do site